tony monti eXato acidente

leio, escrevo e apago




  • três coisas que eu
    gosto - infantil -
    (2013)


    Capa de eXato acidente
    eXato acidente
    (2008)



    Capa de o menino da rosa
    o menino da rosa
    (2007)




    Capa de O Mentiroso
    o mentiroso
    (2003)





  • e-mail do Tony:
    monti1979 arroba gmail ponto com



  • Arquivos

o percurso

Posted by Tony Monti em 28.05.2010

Estou escrevendo um conto para uma coletânea. Pela primeira vez em algum tempo, não inventei nenhum grande artifício formal para segmentar a narrativa. Estou escrevendo uma história e só. É difícil. Não se trata mais de justapor impressões. Uma narrativa simples parece com um fato exemplar. Não tem nada especialmente estranho no texto. Não há assassinatos nem vômitos nem desesperos, só uma história. Quando a forma não salta aos olhos, é mais difícil para mim explicar como isso pode ser bom e, assim, mais difícil de avaliar o modo como supostamente controlo o resultado do texto. Espera-se que eu escreva 15000 caracteres. Escrevi metade. Fico lembrando e inventando imagens sem ter onde me encostar na metade do caminho. 15000 caracteres e um fôlego só, sem coelhos nem girafas nem mudanças de foco narrativo nem enredos que se sobrepõem de modos estranhos nem a possibilidade de encerrar o texto em 1500 caracteres e tentar de novo. Estamos caminhando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s